Com fim da quarentena como bandeira, extrema direita avança na Argentina

BUENOS AIRES, ARGENTINA - MAY 30: A doctor who supports the government is attacked by anti-quarantine protesters on May 30, 2020 in Buenos Aires, Argentina. (Photo by Ricardo Ceppi/Getty Images) Getty ImagesBUENOS AIRES, ARGENTINA - MAY 30: A doctor who supports the government is attacked by anti-quarantine protesters on May 30, 2020 in Buenos Aires, Argentina. (Photo by Ricardo Ceppi/Getty Images) Getty Images

Com fim da quarentena como bandeira, extrema direita avança na Argentina

Em meio a manifestações negacionistas contra as medidas de isolamento, argentinos repetem cenas conhecidas no Brasil. Há até um “Bolsonaro” hermano.
ANTES QUE VOCÊ SAIA… Quando Jair Bolsonaro foi eleito, sabíamos que seria preciso ampliar nossa cobertura, fazer reportagens ainda mais contundentes e financiar investigações mais profundas. Essa foi a missão que abraçamos com o objetivo de enfrentar esse período marcado por constantes ameaças à liberdade de imprensa e à democracia. Para isso, fizemos um chamado aos nossos leitores e a resposta foi imediata. Se você acompanha a cobertura do TIB, sabe o que conseguimos publicar graças à incrível generosidade de mais de 11 mil apoiadores. Sem a ajuda deles não teríamos investigado o governo ou exposto a corrupção do judiciário. Quantas práticas ilegais, injustas e violentas permaneceriam ocultas sem o trabalho dos nossos jornalistas? Este é um agradecimento à comunidade do Intercept Brasil e um convite para que você se junte a ela hoje. Seu apoio é muito importante neste momento crítico. Nós precisamos fazer ainda mais e prometemos não te decepcionar.Faça parte do TIB 
Filters SVG