O The Send conquistou apelo entre os jovens porque misturam cultura pop norte-americana em todas as suas ações. Mas por trás da fachada descolada, reproduz o mesmo discurso conservador, que espiritualiza e normaliza as injustiças sociais. Jackson Augusto, do Afrocrente, detalha as origens desse movimento que apoiou Jair Bolsonaro e quer arrebatar jovens brasileiro em torno de pautas descoladas das realidade.

Correção, 17 de agosto, 21h:

Os eventos do The Send em 2020 ocorreram apenas em Brasília e São Paulo, e não Belo Horizonte conforme o informado neste vídeo.